Buscar

Apresentação

A Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL de Canoas, fundada em 28 de setembro de 1967, nasceu pela necessidade de integração da categoria lojista, tendo como principal fator criar um espaço de trabalho coordenado pelos empresários na defesa dos interesses do comércio, representar através de uma categoria as mais variadas empresas do segmento varejista, com o objetivo de efetivar o desenvolvimento dos comerciantes de suas empresas e do município. Hoje, com 48 anos, a entidade guarda em sua memória uma trajetória, idealizada por homens que, com ações inovadoras, acreditaram e buscaram mais para o comércio de Canoas.

Como cidade referência no varejo de nosso estado, os comerciantes tinham um diferencial na troca de informações em relação aos demais. Trocavam, de forma informal, os dados necessários para o crescimento e proteção da classe. Tinham encontros sempre que necessários, para unidos, estipularem ações para o desenvolvimento de seus negócios. Porém, faltava algo mais, era necessário oficializar estes encontros. Era o momento que o Clube de Diretores Lojistas de Canoas começava a ser delineado.

No dia três de maio de 1967, um grupo de 22 empresários, entre lojistas da cidade e visitantes, reuniram-se no Clube de Caça, Pesca e Tiro de Canoas para deliberarem sobre a fundação do Clube dos Diretores Lojistas. Na oportunidade, o presidente do CDL de São Leopoldo da época, Clóvis Martins, o secretário executivo leopoldense, Milton Düetrich, explanaram aos canoenses o funcionamento do CDL como entidade e também o seu principal serviço, o SCPC. Eles apontaram os benefícios que tal órgão poderia representar aos empresários filiados para a cidade. A ideia foi recebida com entusiasmo por todos e, após a reunião, foi iniciada a elaboração dos estatutos.

Com a ideia planejada do que seria o CDL de Canoas, quatro meses depois e com os estatutos prontos, a entidade foi oficialmente fundada. Impossibilitado de presidir o Clube, Almiro Eloy passou o comando da chapa para Carlos Alberto Giacomazzi, que ficaria à frente da entidade no biênio 1967/68. A primeira Assembleia Geral apresentou os nomes indicados dos diretores.

Na ocasião, foram adotados os estatutos do Clube de Diretores Lojistas de São Leopoldo, com rápidas modificações. As reuniões ocorriam na sala 103, do número 2570 da Av. Vitor Barreto, mais precisamente sobre o Café do Amadeo.

O CDL se consolida como instituição representativa do empresariado lojista local, ganhando novos associados a cada mês.

Muitos encontros ocorreram também na Rua Ipiranga, funcionando junto à CICs e também no edifício Schavion, na rua Cândido Machado. Em 1972, sob a presidência de Liberty Dick Conter, o CDL adquire sede própria, situada à Rua Muck, onde funciona até hoje. O Serviço de Proteção ao Crédito se moderniza, possibilitando aos diretores maiores investimentos no Clube.

Em 1989, Domingos Osires do Valle entrega aos sócios o auditório Milton Martins Neves, composto de 40 lugares.

Em 1995, o presidente Renato Schonardie inaugura a reforma e ampliação da sede, que em 98, tendo Denério Neumann como presidente, ganharia uma nova sala de diretoria, equipada com uma copa para as reuniões.

O nome Clube foi substituído por Câmara de Dirigentes Lojistas, assumindo um lado mais comprometido com o desenvolvimento, do que o social. Os interesses do comércio lojista tinham uma identidade. Essa luta se desenvolveu até chegar à formação de parcerias entre a Câmara de Dirigentes Lojistas e as mais diversas esferas públicas e privadas de Canoas e do Rio Grande do Sul.

O estatuto da Câmara de Dirigentes Lojistas, tem por finalidades amparar, defender, orientar, coligar e representar no âmbito territorial de sua atuação os legítimos interesses da entidade e de seus associados, junto aos poderes públicos.

Propiciar a troca de informações e ideias no plano comum dos problemas e das necessidades. Promover aproximação entre dirigentes de empresas, visando o companheirismo e colaboração. Divulgar e conscientizar a comunidade dos serviços prestados pelos associados.

A definição de metas a serem buscadas pela categoria, com estratégias viáveis para o desenvolvimento dos projetos, faz parte do dia a dia da entidade. São promovidos periodicamente eventos com temas de interesse dos seus associados, buscando sempre crescimento dos mesmos no mercado. São palestras, fóruns, debates, mesas-redondas, entre outros, levando aos membros o que é mais importante para o desenvolvimento: o conhecimento.

A partir da Câmara de Dirigentes Lojistas, os membros da diretoria e os associados têm acesso às convenções e seminários do comércio realizados pelas entidades coirmãs de âmbito local, estadual, nacional e até mesmo internacional relacionada à categoria. Desta maneira, integrada, a entidade consegue aperfeiçoar os serviços que presta, sempre mantendo seus sócios atualizados com as tendências do mercado consumidor.

Por ser uma entidade de classe, a Câmara de Dirigentes Lojistas promove a integração da categoria junto aos poderes executivo e legislativo, além de informar todas as situações que ocorrem na esfera do judiciário. A Câmara se faz sempre presente nos órgãos do poder público a fim de defender os interesses dos lojistas e buscar soluções conjuntas para os problemas encontrados. Se necessário, a Câmara de Dirigentes Lojistas se une com outras entidades ligadas ao comércio na defesa desses interesses. A Câmara de Dirigentes Lojistas também tem objetivo social, buscando o desenvolvimento da sociedade como um todo.

Aprimorar e qualificar seus serviços, estando em constante mudança visando proporcionar melhores serviços, é um forte referencial da Câmara de Dirigentes Lojistas. Disponibilizando ferramentas de apoio aos lojistas, alinhadas as necessidades do mercado, valorizando lado dos lojistas.

CDL CANOAS
Rua Muck, 356 Conj. 205 | CEP 92010250 | Centro | Canoas | RS | Brasil
Fone 51 3462-2311 | E-mail: atendimento@cdlcanoas.com.br